cuspir

Origem: Wikcionário, o dicionário livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Composição de bandeiras de países e regiões que falam português Português[editar]

Verbo[editar]

cus.pir

(transitivo indireto e intransitivo)
  1. ejetar saliva ou cuspo (em)
    • Cuspia em quem dele zombava.
    • Vivia cuspindo pela rua.
  2. ejetar, expelir de si (qualquer coisa), através da boca
    • Doente, cuspiu sangue.
    • Por causa do remédio, não parava de cuspir.
(transitivo direto)
  1. (Derivação: por extensão de sentido) expelir, lançar, ejetar (qualquer coisa)
    • A chaminé da fábrica cuspiu uma fumaça escura.
    • O vulcão cuspia lava por todos os lados.
(bitransitivo)
  1. (Derivação: por extensão de sentido, sentido figurado) lançar, proferir (palavras, expressões geralmente ásperas, ríspidas)
    • Tomado pela ira, cuspiu-lhe impropérios.
(transitivo indireto)
  1. (Derivação: por metáfora) desprezar, desdenhar
    • Vivia cuspindo no próprio passado.
(transitivo direto e bitransitivo)
  1. (Derivação: por extensão de sentido, sentido figurado) arremessar (alguém ou algo); atirar para longe
    • No rodeio, o touro feroz cuspiu o peão (contra a cerca).

Conjugação[editar]

Nota: o verbo cuspir (e seus derivados virtuais ou potenciais) só é irregular nas formas rizotônicas do presente do indicativo -ospes, -ospe, -ospem, com -o- aberto.

Expressões[editar]

Homônimos[editar]

Sinônimos[editar]

Tradução[editar]

Etimologia[editar]

Do latim conspùo, is, ùi, útum, uère (escarrar, cuspir), pelo latim vulgar cospuíre.