Discussão:transístor

Origem: Wikcionário, o dicionário livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Fiquei em dúvida: é com ou sem acento? --Lugustomsg | wpédia 22:43, 15 Fevereiro 2006 (UTC)

sem acento[editar]

Sem acento. Pois é estrangeirismo de origem inglesa, alienígena e não incorporado ao idioma vernáculo. Consulte o Dicionário Houaiss e verificará que não possui acento. De fato me referia ao Português falado no Brasil. Como sou neófito em wikcionarismo, esqueci do fato que abarcamos vernáculos de várias pátrias. Assim, sugiro dois verbetes de mesmo conteúdo, um com acento e outro sem. Já que na busca a ausência ou presença do acento faz diferença para que seja efetivada a localização. Parece que a discussão está praticamente sedimentada. Apenas gostaria de ressaltar que "Transistor" não é brasileirismo, como já colocado antes não está incorporado ao vernáculo do Brasil. É, isto sim, palavra inglesa, utilizada no País através do fenômeno do estrangeirismo. Se estivesse incorporada à língua, certamente, teria acento. No caso de Portugal, o que parece ter ocorrido, foi a anexação da palavra ao idioma pelos falantes, o que caracteriza um anglicismo, por isso a razão do acento. Na realidade o verbete transistor, sem acento, tem de ser classificado como palavra da língua inglesa. Não obstante, mesmo que fosse assimilado pelo idioma, caberia gramaticalmente checar a acentuação. Que não ocorreria já que "transistor" não possui sílaba tônica, o máximo que caberia, se fosse o caso, seria um acento diferencial.

Caro Antônio. Com relação a observação que remete à Academia Brasileira de Letras, a palavra de fato é utilizada no Brasil, mas isso não retira a sua condição de estrangeirismo. Além do mais a ABL está por demais desmoralizada, à medida que personalidades de sucesso editorial inequívoco, porém de qualidade literária duvidosa, têm assumido assentos reservados, outroramente, a verdadeiros expoentes. O que de fato interessa é descobrir a correta essência do verbete, o que demanda um estudo e análise mais profundo do que apenas consultar uma referência superficial, cuja chancela pode até mesmo ser discutida. Chronos

com acento[editar]

Com acento (transístor) como se pode confirmar em qualquer dicionário.
s.m. - tríodo de cristal (germânio ou silício) capaz de amplificar, detectar, modular, etc.
Tem funções idênticas às das válvulas termiónicas que substituiu em quase todos os domínios
((transistorizado, transistorizar))
Aqui está uma coisa que revolucionou o mundo em 50 ou 55 anos e que continua a ser o que sempre foi, mas que já não se consegue entender o que é.
Antônio 23:27, 15 Fevereiro 2006 (UTC)
Há uma pequena coisa que me chama a atenção. O que é que entende por idioma vernáculo?
Confirmei no único dicionário que possuo editado no Brasil e não tem acento; reconfirmei em dicionários (dois) editados em Portugal e tem acento.
Conclusão: no Brasil não tem e em Portugal tem. Se há dois portugueses, o que se fala em Lisboa já não passa dum crioulo do que se fala em Brasília.
Palavra de Antônio/António. Antônio 00:26, 16 Fevereiro 2006 (UTC)


Sucede, caro Chronos, que a Academia Brasileira de Letras considera os termos abaixo indicados como pertencentes ao léxico do português do Brasil: http://www.academia.org.br/vocabulario/frame11.htm
  • transistor (zi) (ô) s.m.
  • transistorização (zis) s.f.
  • transistorizado (zis) adj.
  • transistorizante (zis) adj.2g.
  • transistorizar (zis) v.
  • transistorizável (zis) adj.2g.
... e, para melhorar as coisas, também considera válido o termo
  • transístor (zi) s.m.
Se tem a certeza do que afirma que transistor (sem acento) é apenas e só um termo inglês pode e deve alterar de acordo com as regras mais ou menos aceites por todos -- ligue o termo inglês ao termo correspondente em português e ponha a descrição no termo em português que, por azar das coisas, não existe para os brasileiros.
Estou consciente que transístor também é um receptor de TSF e que a nossa discussão me ultrapassa e já não tenho conhecimentos para mais, mas há quem percebe mais do que eu em http://216.239.59.104/search?q=cache:xfmUxE3N_CQJ:www.linguateca.pt/Diana/download/apl95b.rtf+bonde&hl=pt-PT&client=firefox-a
Um abraço, Antônio 15:39, 16 Fevereiro 2006 (UTC)

O que eu acho[editar]

Transistor é uma palavra já incorporada à língua portuguesa. Porém, há duas variantes: sem acento, para quem pronuncia oxítona, e com acento, para paroxitona. No Brasil, pelo menos, é mais comum a sem acento, apesar de não ser unânime. -Diego UFCG 16:15, 16 Fevereiro 2006 (UTC)