Saltar para o conteúdo

Discussão:aterragem

O conteúdo da página não é suportado noutras línguas.
Adicionar tópico
Origem: Wikcionário, o dicionário livre.

No Brasildiz-se, ou não, aterragem? e-roxo -discussão- 16:53, 22 Novembro 2005 (UTC)

Não. Acho que o que se quis dizer aqui é que aterrissagem é a palavra usada no Brasil como equivalente a aterragem. -- Leuadeque (contato) 17:28, 22 Novembro 2005 (UTC)
O que se disse com o acto de pousar (avião) foi que, em português de telenovela, em Lisboa se diz aterragem e em Brasília se diz aterrissagem
Aterrar já se utilizava em português antes do achamento (ou descoberta) do Brasil com a significado de altear com terra, arrasar, atemorizar, encontrar a terra demandada ao largo, encostar-se indevidamente à terra, pousar em terra, etc.
Aterrissar é apenas um galicismo inútil que, como mandam as regras, pode e deve ser substituido por aterrar. Também concordo que se os galicismos existem são para serem utilizados, mas aquela etiqueta aterradora que em Portugal é assim e no Brasil é assado só significa que há duas línguas com o nome de português.
Antecipadamente agradeço a reposição inicial do verbete pelo E-Roxo, ou pelo Leaudeque, em nome de que não é permitido melhorar para pior.
Mira 15:03, 27 Novembro 2005 (UTC)

Há sempre quem não desista... Quantas línguas inglesas há? Quantos espanhóis há? e-roxo -discussão- 16:06, 27 Novembro 2005 (UTC)

Desistir é uma coisa, resistir é outra e resistir contra a ignorância é, talvez um dever
E-Roxo. Qualquer pessoa minimamente culta sabe que a língua espanhola não existe embora se afirme o contrário em cada minuto que passa, mas por se repetir constantemente um erro ele não deixa de ser um erro.
O português, como língua moderna que é, já tem versões e uma delas é a versão brasileira que, pela lei natural das coisas, existe para simplicar e aligeirar a aprendizagem e a sua utilização numa óptica popupar do falante.
O português começou naturalmente por ser uma versão do latim popular já afastado do latim clássico. Olhe para a sombra que tem agarrada aos pés... Uma coisa é o português ser uma língua latina e outra é os portugueses falarem latim no século XXI.

Mira 18:11, 27 Novembro 2005 (UTC)