Ajuda:Siglas

Origem: Wikcionário, o dicionário livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UNESCO, sigla para a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Siglas são as letras iniciais usada como abreviatura dos termos. Assim como os demais verbetes, as siglas devem seguir os critérios de inclusão.

Recomendações quanto ao uso[editar]

No uso das siglas (siglema e sigloide) no Wikcionário, deve-se observar as seguintes recomendações:

  • Não deve-se colocar pontos ou sinais intermediários para separar as siglas. Deve-se, deste modo, escrever GPS e nunca G.P.S. ou G-P-S.
  • Quando mencionadas pela primeira vez no texto, deve-se escrever primeiramente a forma por extenso, ou expansão, seguida da sigla entre parênteses, ou separada por hífen. Ex.: O conselho geral Organização das Nações Unidas (ONU).
  • As siglas devem ser escritas em sua forma oficial ou, no caso de não haver uma forma oficial, na sua forma mais consagrada. Assim, deve-se escrever Embrapa e não EMBRAPA.
  • O plural das siglas ainda que as mesmas tenham função análoga a substantivos difere desses, o plural das siglas é feito mediante a adição de uma letra "s" minúscula ao seu final, exemplo: 'ONGs'. O uso de apóstrofo precedendo "s" ('s), como rotamente em ONG's, deve ser evitado, logo a grafia ONG's é um equívoco e foge a regra, e a grafia ONGs se adequa maestralmente. Em português também não se perfaz a forma plural de uma sigla com adição de 'es' ao seu final como se faria à substantivos como amor (singular: amor, plural: amores), logo ONGes (ONGes) também foge a regra e portanto é uma grafia equivocada.
  • Deve-se manter com maiúsculas e minúsculas as siglas que originalmente foram criadas com essa estrutura para se diferenciarem de outras, independentemente de seu tamanho. Ex.: CNPq – Conselho Nacional de Pesquisa (para diferenciá-lo de CNP – Conselho Nacional do Petróleo).
  • No caso da citação de siglas de origem estrangeira, deve-se adotar a sigla e seu nome em português quando houver forma traduzida, do contrário, adotar a forma original da sigla estrangeira quando esta não tiver correspondente em português, mesmo que o seu nome por extenso em português não corresponda à sigla. Ex.:
    • ONU – Organização das Nações Unidas
    • FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura.

Ver também[editar]

Na Wikipédia[editar]