gozar com o pau alheio

Origem: Wikcionário, o dicionário livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Composição de bandeiras de países e regiões que falam português Português[editar]

Expressão[editar]

gozar com o pau alheio

  1. sentir-se envaidecido e demonstrar empáfia alegre e pretensiosa em relação a feitos conquistatórios realizados por outrem como se fossem seu
    • mas fica difícil levar a sério um autor que, desculpem a grosseria, goza com o pau alheio, de forma tão mimética e parasitária e, legitimado pelo gênio do outro, sai todo pimpão anunciando verdades grandiloquentes do tipo "os intelectuais brasileiros não têm a mais vaga ideia de quem são os inimigos do povo" (notícia do jornal Folha de S. Paulo de 21 de outubro de 2001)
    • 2011, Nélson Cunha Mello, Conversando é que a gente se entende, Leya, página: 269
      O mérito da festa é todo dele, você não pode gozar com o pau alheio
    • 2016, Warley Matias De Souza, Semear Verdades Em Terreno De Ilusão, Clube de Autores, página: 127
      Sei que o autor-deus foi assassinado pela crítica, um crime cometido por aqueles brochas que gozam com o pau alheio

Ver também[editar]

No Wikcionário[editar]