Saltar para o conteúdo

epidemia

Origem: Wikcionário, o dicionário livre.

Português[editar]

Substantivo[editar]

  Singular Plural
Feminino epidemia epidemias

e.pi.de.mi.a, feminino

  1. ocorrência repentina de muitos casos de uma doença
  2. aumento rápido na ocorrência de algo
  3. crime que consiste em causar epidemia, segundo o Artigo 267 do Código Penal Brasileiro de 1940
    • A pena para o crime de epidemia é de 10 a 15 anos de reclusão e pode ser agravada em até o dobro se houver como resultado a morte de alguém. Se o crime for culposo a pena aplicada é detenção de um a dois anos, ou, se resulta morte, de dois a quatro anos.

Tradução[editar]

Verbetes derivados[editar]

Forma verbal[editar]

e.pi.de.mi.a

  1. terceira pessoa do singular do presente do indicativo do verbo epidemiar
  2. segunda pessoa do singular do imperativo afirmativo do verbo epidemiar


"epidemia" é uma forma flexionada de epidemiar.
As alterações feitas aqui devem referir-se apenas à forma flexionada.

Etimologia[editar]

Do grego antigo ἐπιδημία.

Pronúncia[editar]

Portugal[editar]

Ver também[editar]

Na Wikipédia[editar]


Albanês[editar]

Substantivo[editar]

epidemia

  1. epidemia


Espanhol[editar]

Substantivo[editar]

  Singular Plural
Masculino
Feminino epidemia epidemias
Comum aos dois
géneros/gêneros

e.pi.de.mia, feminino

  1. epidemia


Finlandês[editar]

Substantivo[editar]

epidemia

  1. epidemia

Etimologia[editar]

Do latim medieval epidēmia.

Galego[editar]

Substantivo[editar]

epidemia

  1. epidemia


Italiano[editar]

Substantivo[editar]

epidemia

  1. epidemia


Polonês[editar]

Substantivo[editar]

epidemia

  1. epidemia