Wikcionário:Páginas para eliminar/Eliminações rejeitadas/2005

Origem: Wikcionário, o dicionário livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eliminação
Replacement filing cabinet.svg Arquivo de eliminadas
Lista (mais recentes)
Replacement filing cabinet.svg Arquivo de não eliminadas
Rejeitadas
Inconclusivas

Terminada em 8 de novembro[editar]

Boava[editar]

A favor

  1. Leuadeque (contato) 17:33, 24 Outubro 2005 (UTC)
  2. EusBarbosa 13:58, 30 Outubro 2005 (UTC)

Contra

  1. Diego UFCG 22:41, 3 Novembro 2005 (UTC)
  2. Schoenfeld 22:51, 3 Novembro 2005 (UTC)~
  3. EusBarbosa 00:43, 6 Novembro 2005 (UTC)
  4. Leuadeque (contato) 16:44, 6 Novembro 2005 (UTC)

Motivo

Outra página de nome de família sem conteúdo. -- Leuadeque (contato) 17:33, 24 Outubro 2005 (UTC)~
NÃÃO. Boava tem significado válido! -Diego UFCG 22:41, 3 Novembro 2005 (UTC)
Desculpem a vergonha, mas, diante das provas insofismáveis, mudo meu voto.EusBarbosa 00:43, 6 Novembro 2005 (UTC)
Nesse caso, mudo meu voto. Mas, por curiosidade, em que parte de São Paulo se fala essa palavra? -- Leuadeque (contato) 16:40, 6 Novembro 2005 (UTC)
Não sei, usei o Aurélio como referência. Procurando no Google achei o uso de boava como português na cidade de Limeira: ([1]). -Diego UFCG 20:01, 6 Novembro 2005 (UTC)

Terminada em 3 de Novembro[editar]

Fassen[editar]

A favor

  1. Malafaya 00:45, 19 Outubro 2005 (UTC)

Contra

  1. Schoenfeld 15:08, 19 Outubro 2005 (UTC)
  2. Leuadeque (contato) 18:43, 19 Outubro 2005 (UTC)~
  3. EusBarbosa 12:30, 23 Outubro 2005 (UTC)
  4. Malafaya 22:25, 19 Outubro 2005 (UTC)
  5. -Diego UFCG 22:53, 31 Outubro 2005 (UTC)

Motivo

Redirect para Bach. Criador admitiu erro no título da página ao mover para título correcto. Malafaya 00:45, 19 Outubro 2005 (UTC)
Apesar do (meu) erro, há um verbo e um substantivo com esse nome, o verbo já está lá. Não é, portanto, necessário excluir a página. --Schoenfeld 15:08, 19 Outubro 2005 (UTC)
Se a palavra existe, prefiro manter a página. -- Leuadeque (contato) 18:43, 19 Outubro 2005 (UTC)
Se a palavra existe e até já foi completada, então mudo o meu voto. Malafaya 22:25, 19 Outubro 2005 (UTC)

Terminada em 15 de agosto[editar]

Apêndice:Partidos Políticos do Brasil[editar]

A favor

  1. Leonardohcoelho 17:55, 30 Julho 2005 (UTC)
  2. EusBarbosa 21:20, 30 Julho 2005 (UTC)

Contra

  1. Leuadeque (contato) 19:38, 1 Agosto 2005 (UTC)
  2. EusBarbosa 01:04, 2 Agosto 2005 (UTC)

Motivo O conteúdo foi movido para Apêndice:Partidos Políticos do Brasil (Siglas) e o Wikicionário não perdeu informação.

Comentários

Que tal apenas redirecionar? -- Leuadeque (contato) 19:38, 1 Agosto 2005 (UTC)

Mudei meu voto por concordar com Leuadeque que sempre é melhor qualquer solução alternativa, do que apagar.EusBarbosa 01:04, 2 Agosto 2005 (UTC)

Apêndice:Tabela periódica dos elementos[editar]

A favor

  1. Leonardohcoelho 17:55, 30 Julho 2005 (UTC)

Contra

  1. Leuadeque (contato) 19:38, 1 Agosto 2005 (UTC)
  2. EusBarbosa 01:05, 2 Agosto 2005 (UTC)

Motivo O conteúdo foi divido e movido para Apêndice:Tabela periódica e Apêndice:Elementos químicos em português e o Wikicionário não perdeu informação.

Comentários

Idem: Que tal apenas redirecionar (pra Apêndice:Tabela periódica)? -- Leuadeque (contato) 19:38, 1 Agosto 2005 (UTC)


Terminada em 2 de agosto[editar]

akan[editar]

A favor

  1. Ensjo 17:07, 18 Julho 2005 (UTC)
    Justificação adicional adicionada por Ensjo 14:26, 26 Julho 2005 (UTC); por favor, revejam suas opiniões:
    A raiz da palavra "cabeça" nas linguas da família tupi-guarani é "akang" (o "-a" final de "akanga" é um sufixo nominalizador). Em composição, quando uma raiz terminada por consoante (neste caso "ng") encontra uma outra consoante, a consoante da primeira cai (neste caso, tornando-se "akã-"). P.ex., "akang" 'cabeça' + "porang" 'bonito' + "-a" suf. nominalizador = "akã-porang-a" 'cabeça bonita'. (O guarani é um caso especial, porque em sua evolução as raízes tupi-guaranis perderam suas consoantes finais (salvo raríssimas exceções). "Bonito" é sempre "porã", "cabeça" é sempre "akã", etc.)
    (Na verdade é "akan", ou melhor "akã", que veio de "akang(-a)" por apócope, e não o contrário. E "akanga" não é "crânio". "Crânio" em tupi é "akang-apé" 'casco da cabeça'.)
    As múltiplas ortografias são resultado de um processo histórico. As línguas tupi-guaranis eram ágrafas, e os europeus que entraram em contato com elas representavam-lhes os sons de maneira aproximada segundo a ortografia de suas próprias línguas (português, espanhol, francês, alemão, etc.) Hoje em dia várias línguas já dispõem de alfabetos desenvolvidos especialmente para elas, e é recomendável usá-los. Quando não, a abordagem mais científica é utilizar o Alfabeto Fonético Internacional. Para o tupi antigo, a ortografia do dicionário do Tibiriçá não é apropriada, até porque não registra a oclusão glotal (ʔ). Este alfabeto, mais recomendável, foi utilizado no Curso de tupi antigo do padre Lemos Barbosa, e mais recentemente no Método moderno de tupi antigo do prof. Eduardo Navarro da USP, e é um bom compromisso entre representação fonética e legibilidade por falantes de português. Para o guarani paraguaio, vide na página inicial do Wikcionário em guarani o alfabeto utilizado oficialmente no ensino paraguaio. Quanto a outros dialetos do guarani, usam-se alfabetos muito semelhantes, como se vê neste dicionário do guarani mbyá (em PDF).
    Espero tê-los convencido de que ortografias como "acã", "acan", "akan" e etc. são resquícios de um tempo em que se tentava representar as línguas pelo método "ai donte ispíqui ínglich", e não têm lugar em um dicionário, a não ser como redirecionamentos para a ortografia apropriada.
    Claro, em alguns casos palavras escritas dessa maneira entraram no vocabulário do português ou do espanhol (como "acanguçu" que se encontra no dicionário Aurélio). Nesses casos elas são verbetes (portugueses e espanhois) legítimos.

Contra

  1. 1ur1 17:18, 18 Julho 2005 (UTC)
    Eu acredito que isto deva ser antes discutido na respectiva página de discussão do artigo, mesmo porque o criador chegou a colocar que AKANGA é um sinônimo... Como acredito que você (Ensjo) não foi o autor, acredito que isto deva ser discutido antes... Portanto não se deve apagar apágina.
  2. EusBarbosa 22:31, 21 Julho 2005 (UTC) Independentemente de ser eu o autor do artigo, concordo com 1ur1. Para esclarecimento: a palavra akan é uma variação, como existem várias em qualquer idioma. Na verdade akanga significa mais exatamente crânio, o osso da cabeça, uma vez que é a justaposição apócope?/assimilação? de akan (cabeça) + kanga (osso propriamente). Independentemente de eu ser o autor do verbete, não vejo motivo algum para apagá-lo uma vez que não está errado e dá uma informaçào complementar.
    Complementando: além disso, em Guarani, a palavra é akan, akã, acan ou acã dependendo do gosto de quem a escreve. EusBarbosa 21:15, 22 Julho 2005 (UTC)
    Corrigindo: Não é apócope, nem assimilação, mas muito provavelmente "composição por aglutinação em que ocorreu haplologia". Obrigado Leuadeque, pela correção. EusBarbosa 21:58, 22 Julho 2005 (UTC)
    Devido às manifestações posteriores do Ensjo, acho que essa discussão deveria ir para a Esplanada ou para a página da transliteração. O que pensam?EusBarbosa 19:48, 27 Julho 2005 (UTC)
  3. Leuadeque (contato) 21:23, 22 Julho 2005 (UTC)

Motivo

A palavra em tupi é akanga.


Comentários

Concordo com o Eustáquio que o assunto deve ser pensado melhor, mas o lugar eu não sei. Se o problema for só de grafia, então, como disse em outra situação, normalizamos a nossa escrita (não na parte de transliteração, mas criando uma página exclusiva para línguas ágrafas), e redirecionamos as variantes. Agora, se o problema é a diferença de signficado entre akan e akanga, aí não tenho como opinar (como diz meu ex-professor: "fazendeiro alemão não come o que não conhece.") -Diego UFCG 17:58, 29 Julho 2005 (UTC)
Há uma discussão (secundária) de significado da palavra akanga, mas a meu ver, a discussão principal é se devemos aceitar as variações de ortografia (akan, akã, acâ ou acan) ou não. Pelo que temos visto em outros verbetes, nossa posição sempre foi de manter a atitude aberta de aceitar as variações (muito mais consoante com a filosofia wiki), tendo no máximo alguma observação quanto às eventuais restrições que poderia haver quanto a uma ou outra forma. Isso vale para as palavras da língua portuguesa e, acredito, deveria valer mais ainda para as palavras etsrangeiras, especialmente quando originalmente escritas em outros alfabetos ou, mais ainda, quando se tratar de idiomas sem alfabeto original (ágrafas), pois aí é questão em aberto mesmo. Ninguém pode provar que está certo ou errado grafar com C ou com K uma palavra que nunca foi grafada pelos falantes naturais desse idioma. Se não se convencem dêem uma olhada em como se grafa a palavra nheengatu no site [2] = YERAL, GERAL, LÍNGUA GERAL, NYENGATÚ, NHEENGATU, NYENGATO, ÑEEGATÚ, WAENGATU, COASTAL TUPIAN, MODERN TUPÍ. Resumindo, acho que devemos deixar em aberto todas as grafias possivelmente usadas para as palavras de línguas ágrafas. Isso facilitaria a consulta. EusBarbosa 20:03, 29 Julho 2005 (UTC)

acã[editar]

A favor

  1. Ensjo 17:07, 18 Julho 2005 (UTC)
    Justificação adicional inserida por Ensjo 14:29, 26 Julho 2005 (UTC); por favor revejam suas opiniões anteriores a esse momento.
    (vide o caso de akan acima.)

Contra

  1. 1ur1 17:18, 18 Julho 2005 (UTC)
    Acho que houve uma vez uma discussão sobre a correta grafia destas palavras... parece-me que existem variados padrões de gafização(?... heheh) e não existe um acordo quanto a qual é O CORRETO... portanto, creio que deva, no máximo, mover para o sitema padronizado e redirecionar acã para akã... Talvez não exista esta problemática da padronização e neste caso eu retiro o que digo... mas gostaria que houvesse esta discussão antes da decisão de apagar... =T
  2. Bom, pelo que eu saiba, existe o idioma guarani independentemente de ser paraguaio. E no guarani falado e escrito no Brasil usa-se o c. veja por exemplo Luiz Caldas Tibiriçá que não usa exatamente a letra K no seu Dicionário Guarani Português. Essa questão de como escrever palavras de línguas ágrafas já foi discutida na Esplanada. Ver em [[3]].EusBarbosa 22:30, 21 Julho 2005 (UTC)
  3. Leuadeque (contato) 21:23, 22 Julho 2005 (UTC)
  4. -Diego UFCG 18:01, 29 Julho 2005 (UTC) Redirecionamento para a grafia padrão. Covém padronizar. -Diego UFCG 18:01, 29 Julho 2005 (UTC)
Se existe alguma, qual seria a grafia padrão?EusBarbosa 20:09, 29 Julho 2005 (UTC)

Motivo

Na ortografia do guarani paraguaio não se usa "c", mas "k", portanto a palavra é akã.

Terminada em 01 de maio[editar]

Predefinição:Jw[editar]

A favor

  1. EusBarbosa 18:12, 16 Abr 2005 (UTC)

Contra

  1. Leuadeque (contato) 20:03, 16 Abr 2005 (UTC)
  2. uma predefiniçãozinha redundante não prejudica o banco de dados do Wikcionário.-Diego UFCG 16:27, 25 Abr 2005 (UTC)

Motivo

Duplicidade.Já existe a Predefinição:Jv com o mesmo significado. --EusBarbosa 18:12, 16 Abr 2005 (UTC)

Comentários

Pelo que sei, o código "jw" é válido segundo ISO-693 ISO-639, e seria bom ter a predefinição caso alguém o use. Além disso, se o problema for duplicação, a Predefinição:Jw foi criada antes da Predefinição:Jv. -- Leuadeque (contato) 20:03, 16 Abr 2005 (UTC)
Leuadeque, o código de javanês, pela norma ISO-693, é jv. Por isso propus a outra página, (jw), para elminação. Mas devemos eliminar uma das duas pois elas são redundantes. Se formos pelo critério de antiguidadde, então deveremos inveter e eliminar a Predefinição:Jv. Para sermos coerentes e manter uma predefinção com código igual ao da norma deveríamos fazer como propus. EusBarbosa 13:54, 17 Abr 2005 (UTC)
Ah, acho que começo a entender melhor ([4]). "jw" era o código da ISO-693 ISO-639 até 13 de agosto de 2001, quando foi substituído por "jv". Mesmo assim, acho que essa página pode ser útil (alguém pode usar "jw") e que podemos conviver com duas predefinições com o mesmo texto. -- Leuadeque (contato) 19:29, 18 Abr 2005 (UTC)