Wikcionário:Esplanada/Arquivo/2005/Maio

Origem: Wikcionário, o dicionário livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Idiomas: Caboverdiano, Mirandês e Tétum

Penso que não há Predefinições para estes idiomas.
Há verbetes para os idiomas.
Coloquei verbetes exemplificativos destes idiomas.
Águ, Palávra, Menistro, Munhecra, Muxecon e Rua.
Fiz algo de mal?
Estou a abusar?
Jtlopes 16:15, 22 Abr 2005 (UTC)

Que é isso? Quanto mais idiomas, melhor! Bom trabalho. -Diego UFCG 17:51, 22 Abr 2005 (UTC)

Por favor, podem me esclarecer se Mirandês e Caboverdiano são dialetos, ou propriamente idiomas? Se são dialetos, como tratá-los? Se são idomas acho que deveríamos criar as predefinições, não? EusBarbosa 21:52, 22 Abr 2005 (UTC)

Esses assuntos geralmente geram grandes discussões sobre o que é uma língua e o que não é. Quanto ao mirandês, acho que podemos criar uma categoria só pra ele, visto que é reconhecido em partes de Portugal. Ele com certeza não é um dialeto do português, já que está mais próximo do leonês (A Wikipédia em asturiano o classifica como dialeto astúrio-leonês). O caboverdiano também parece ter um reconhecimento razoável e ser bem diferente do português de outros lugares (há até um dicionário Português-Caboverdiano). As falas que concluírmos que são dialetos podem ser tratadas como palavras da língua, mas marcada de acordo com a região do dialeto. Por exemplo, entra-e-sai, uma palavra do "dialeto brasileiro", é tratada como palavra do português, mas marcada com "(Brasil)". -- Leuadeque (contato) 18:08, 23 Abr 2005 (UTC)
Acho que dei a impressão, com a pergunta acima, de ser contra a adoção do mirandês/caboverdiano como idiomas. Quero só esclarecer que não. A minha pergunta foi por ignorância mesmo. Eu nem conhecia o mirandês, para dizer a verdade. Mas acho que a pergunta está no ar e devemos adotar uma política. Como tratar os dialetos em geral? Não só os do português, mas por exemplo, o dialeto siciliano, o napolitano, o vêneto, etc?EusBarbosa 20:52, 23 Abr 2005 (UTC)
Posso estar a dizer uma monstruosidade mas julgo que veneto e outras são línguas e não dialectos. São de tal forma diferentes que quem houve veneto não pensa estar a ouvir italiano. Há inclusivamente sites (posso referir?) que incluem veneto como língua a aprender. A meu ver, veneto e outros comparam-se com o italiano como, por exemplo, o catalão com o espanhol. Apenas o meu humilde comentário. --Malafaya 15:45, 4 Mai 2005 (UTC)


Número de idiomas

Eu não comparei com o Wiktionary, nem com nenhum outro, mas parece que temos o maior número idiomas dentre todos os dicionários deste projeto. Temos palavras em 55 idiomas diferentes!! EusBarbosa 23:26, 28 Abr 2005 (UTC)

Agora já são sessenta!-EusBarbosa 02:20, 9 Mai 2005 (UTC)


Wikinotícias: Mudança no namespace user

Encontra-se aberta no Wikinotícias, a votação para a mudança no namespace (domínio) usuário. Por favor participem, obrigado. -- Get It 16:56, 2 Mai 2005 (UTC)

Feliz aniversário!

Segundo a nossa página principal, o Wikcionário em português hoje completa um ano de existência. (urra!) A informação é contradita pela página de boas-vindas, mas o importante é que com certeza o nosso projeto comemora aniversário neste mês. Pra comemorar a data, o vou presentear com algumas entradas novas (façam o mesmo se tiverem paciência). Por fim, deixo meu desejo de que tenhamos mais um ano produtivo e divertido.  : D -- Leuadeque (contato) 18:57, 3 Mai 2005 (UTC)

A contradição tem justificativa: o domínio pt.wiktionary.org foi criado no dia 1º, mas a primeira edição (excerto) foi no dia 3. Congratulações para todos os que auxiliam neste projeto. -Diego UFCG 22:04, 3 Mai 2005 (UTC)

Uniformização

Caros Wikdicionaristas: Venho aqui expôr algumas questões que considero pelo menos que seja útil pensarmos nelas. Actualmente temos já mais de 2500 verbetes e cada vez mais me parece que estas questões se tornam pertinentes:

Uniformização de conteúdos

Actualmente, cada verbete segue um estilo do autor do mesmo: secções, sub-secções, traduções por língua ou global, por significado ou todos os significados numa linha. Temos um Livro de Estilo que conviria completar e re-afirmar junto da comunidade. Em outros Wikcionários, tenho reparado que é criada uma estrutura de verbete "fixa", com algumas secções que não contêm nada (por exemplo, pronúncia, etimologia). Acho útil para convidar o utilizador a completar a informação em falta. Dêem uma olhada também no Wikcionário Italiano, por exemplo. Reparem como criaram predefinições que uniformizam o verbete e facilitam a sua criação. Basicamente o verbete é composto por secções definidas por meio das predefinições. O texto realmente escrito é praticamente apenas a informação específica do verbete.

Traduções em traduções

Uma questão que já discuti superficialmente com o Eustáquio Barbosa foi a das crescentes traduções e aumento do trabalho por cada língua acrescentada. Imaginem um verbete com 30 traduções. Queremos adicionar uma 31ª tradução. Ditaria a lógica que editássemos cada uma das 30 traduções correspondentes e adicionássemos a nova tradução em cada um dos verbetes. A situação complica-se ainda mais à medida que o número de traduções aumenta. Potencialmente, podemos estar a falar de tradução para uma centena de línguas. O que vi em outros Wikcionários e como o Eustáquio já tinha referido, o ideal seria colocar as traduções apenas na palavra portuguesa e nas palavras estrangeiras apenas referir a tradução para a palavra Português. Este verbete conterá então todas as traduções necessárias.

Tenho algumas outras ideias que pretendo amadurecer um pouco. De momento, ficam aqui estas para avaliação da comunidade. Boas edições!

--Malafaya 19:06, 3 Mai 2005 (UTC)

Essa idéia de tradução já tinha sido sugerida por e2m há algum tempo na Esplanada. Pensei ser o mais sensato a ser feito, e até pus a idéia em prática em alguns verbetes, como ossetio. -- Leuadeque (contato) 19:30, 3 Mai 2005 (UTC)
Desculpem a ausência de algumas discusões, mas aqui estou novamente. Concordo com o André Malafaya e gostaria de pedir a opinião dos outros colegas para que possamos informizar isso, ou seja, traduzir apenas no verbete em português e deixar todos os outros com um link para esse. EusBarbosa 01:29, 6 Mai 2005 (UTC)
É, eu acho que esse é o melhor jeito para lidar com as traduções. Contudo, podem existir algumas palavras que não tenham uma correspondência boa com o português, nesse caso, pode-se abusar um pouco. --E2m 16:57, 6 Mai 2005 (UTC)

A idéia é, a princípio, boa, mas não concordo em torná-la obrigatória. Se o colaborador deseja acrescentar traduções nos verbetes que não estão em português, por que proibi-lo? Concordo, entretanto, que o centro de traduções deveria ser o artigo em português, onde todas estariam listadas. --Patrick 16:35, 11 Mai 2005 (UTC)

Sim, claro. É apenas um "guia". Concordo que se possa incluir traduções nas "traduções" :). Malafaya 16:46, 11 Mai 2005 (UTC)
Acho que não é um assunto muito crucial... Mesmo porque nem todos verbetes têm uma tradução direta para o português... acho que a seção de tradução pode ficar livre lá... se estiver bem explicado numa forma semelhante a "ver e" tudo bem... se não, vai contribuindo desordenadamente mesmo que não fará mal...
-- 1ur1 00:21, 18 Mai 2005 (UTC)

Bot para Interwikis

Já alguém pensou em fazer um bot que actualize os Interwikis no Wikcionário PT à semelhança da Wikipédia, buscando ao Wikcionário EN? Eu pessoalmente não o sei fazer, mas se alguém pegasse nisso... --Malafaya 14:23, 4 Mai 2005 (UTC)

Por enquanto já existem dois com essa função: o E2mb0t e o LeonardoRob0t. O que está faltando talvez fosse uma coordenação robótica. -Diego UFCG 15:30, 4 Mai 2005 (UTC)
Confirmo. Parece também é não existir muita frequência de actualização. Um já não executa há uma semana e outro há mais de um mês. Ou será que não há nada para actualizar? --Malafaya 15:37, 4 Mai 2005 (UTC)

Calma! Heheh, cada vez que um bot modifica uma página, o histórico da página cresce em uma versão. Por exemplo, se o bot modifica uma página com 32 kb, o banco de dados da wikimedia aumenta 32 kb. Além disso, o bot tem sido usado em todas as páginas do wikcionário, coisa que nunca foi feita na wikipédia. A minha idéia é fazer isso de dois em dois meses, ou por aí. Além, o bot não busca apenas no dicionário em inglês, ele busca em todos. --E2m 16:52, 6 Mai 2005 (UTC)

Entendo. Também acredito que não seja coisa que altere muito. Fiquei esclarecido. --Malafaya 16:57, 6 Mai 2005 (UTC)

Nova Predefinição:Aviso

Caros colegas Wikcionaristas:

De acordo com a norma do Wikcionário "Seja corajoso", acrescentei às predefinições uma nova predefinição Predefinição:Aviso :). Tem por objectivo ser colocada na página de discussão de um utilizador anónimo que cause problemas em verbetes, o que tem sucedido poucas mas algumas vezes desde que contribuo para o Wikcionário. Esta predefinição foi criada analogamente à da Wikipédia e encontra-se documentada em Wikcionário:Namespace predefinição. --Malafaya 17:24, 4 Mai 2005 (UTC)

Verbetes duplicados

Ao ver as mudanças recentes, reparei na duplicação do artigo No. Alguém pode corrigir este problema? A título de curiosidade, há alguma forma de detectar duplicação de verbetes sem ser por acesso directo à base de dados Wiki?

Malafaya 15:55, 5 Mai 2005 (UTC)

Artigo raan também duplicado. Malafaya 16:13, 5 Mai 2005 (UTC)
Corri alguns comandos SQL numa cópia da Base de Dados de 21 de Abril de 2005 e encontrei os seguintes artigos duplicados/triplicados:
           cur_title                                             Count
+----------------------------------------------------------------+---+
| Portugalisht                                                   | 2 |
| Pequeno-almoço                                                 | 2 |
| Beleza                                                         | 2 |
| Manus                                                          | 2 |
| Fraseologia                                                    | 2 |
| Twa                                                            | 2 |
| Mokõi                                                          | 2 |
| Poledne                                                        | 3 |
| Meridies                                                       | 3 |
+----------------------------------------------------------------+---+

Alguém com permissões importa-se de verificar a repetição destes verbetes? Atenção que estes são os repetidos à data de 21 de Abril. Os mais recentes ainda não foram descobertos. --Malafaya 19:28, 5 Mai 2005 (UTC)

E alguns podem já ter sido corrigidos :). --Malafaya 19:31, 5 Mai 2005 (UTC)
Já existe algum bug reportado em http://bugzilla.wikimedia.org/ sobre esses problemas de duplicação? -- Leuadeque (contato) 19:59, 5 Mai 2005 (UTC)
Não sei. Como tenho usuário lá, posso verificar. Esse e o outro bug relacionado com o restauro de páginas eliminadas: essas páginas ficam ordenadas nas suas categorias na letra E. A solução é simular uma edição da página mesmo sem alterar nada (editar e clicar em Salvar página) e fica tudo bem. Malafaya 20:02, 5 Mai 2005 (UTC)
Feito. Se quiserem verificar o estado dos bugs, os seus números são 2080 e 2081. Agora só resta aguardar... Malafaya 20:19, 5 Mai 2005 (UTC)
Bom trabalho! Estava no canal #mediawiki e me disseram que o 2080 já era conhecido em outros Wikis, mas que o 2081 era algo que nunca tinham visto. -- Leuadeque (contato) 20:32, 5 Mai 2005 (UTC)
Apaguei e restaurei beleza, que é um exemplo conveniente pro bug 2081. Como esse exemplo foi requisitado, por favor, não a editem. -- 20:53, 5 Mai 2005 (UTC)~
Colocaste esse exemplo na ficha do bug? Se não, coloco eu. --Malafaya 21:04, 5 Mai 2005 (UTC)
Pensei em colocar, mas nunca usei o MediaZilla/Bugzilla e, por isso, achei mais seguro deixar pros mais experientes. Agora é esperar os desenvolvedores chegaram a alguma solução. : ) -- Leuadeque (contato) 18:23, 6 Mai 2005 (UTC)
Obrigado, Leonardo. Entretanto, já coloquei a informação pedida no MediaZilla:. Parece que o Brion já descobriu qualquer coisa... Quanto ao bug 2080, parece estar repetido várias vezes e já era conhecido. Julgo que já está em resolução. Malafaya 19:54, 6 Mai 2005 (UTC)
Esta duplicação apanhei mesmo por acaso: é a Categoria:Chinês. Podem resolver? --Malafaya 00:05, 7 Mai 2005 (UTC)

Novo apêndice?

Tentei criar um apêndice novo, com as várias cores, mas ainda está muito incompleto... vejam emUsuário:E-roxo/Apêndice:Cores e deixem a opinião sobre se concordam ou não. e-roxo -discussão- 00:28, 8 Mai 2005 (UTC) Ah, e já gora, completem se souberem visto que eu não tenh assim grande conhecimento linguístico.

Para mim está ótimo. Podemos agora aos poucos ir acrescentando outros idiomas. Obrigado por criá-lo. EusBarbosa 18:18, 8 Mai 2005 (UTC)
Bom. Quanto mais apêndices, melhor. -- Leuadeque (contato) 19:45, 9 Mai 2005 (UTC)

Predefinições Standard

Acompanhei parcialmente a discussão do Usuário:Malafaya sobre o Ultimate Wiktionary em projeto. Acho que devemos então refazer as nossas predefinições que estejam fora do padrão, como o André ja' fez em {-noun-} e {-ka-} que, no caso, é uma duplicação de {ka}. Precisamos ter uma definição sobre isso. Que pensam? EusBarbosa 18:36, 8 Mai 2005 (UTC)

Tens estado atento, Eustáquio :). Na verdade, tenho estado a experimentar. Não queria avançar com as predefinições todas sem contar com o apoio da comunidade. Tenho mantido contacto com administradores de outros Wikcionários e parece que está para breve o início do Ultimate Wiktionary. Para quem não sabe, é um projecto que pretende abarcar todos os Wikcionários num só, eliminando redundâncias que existem com vários projectos em simultâneo. Por exemplo, a palavra dictionary em último caso constará de todos os Wikcionários, cada um com a sua interface visual, etc.. No UW, toda esta informação será convergida e apenas a interface se adaptará às preferências linguísticas do utilizador. A informação disponível sobre o projecto não é muita infelizmente. Para prever à migração dos nossos verbetes por bot para o UW, seria essencial que todos os verbetes possuíssem as predefinições standard adoptadas nos outros Wikcionários, caso contrário teriam que ser convertidos manualmente.
Eustáquio, {-ka-} não é uma exactamente duplicação de {ka}. O primeiro é para ser usado como cabeçalho e indica que uma palavra pertence a idioma (neste caso, georgiano). O segundo apenas substitui o nome do idioma (com link ou sem link) sobretudo para lista de traduções. Repara nos === no primeiro caso.
Conto com os vossos comentários. Entretanto, também criei (sobretudo para o nosso amigo Jtlopes :)) a predefinição de Tétum que é {{tdt}} segundo o Ethnologue. Abraços, Malafaya 20:00, 8 Mai 2005 (UTC)
P.S.: Podem ver que Predefinições existem no Wikcionário Italiano aqui.
Caro André, obrigado pela explicação de -ka- .Continuarei observando e opinando. Abraços. EusBarbosa 01:14, 9 Mai 2005 (UTC)

Línguas antigas

Gostaria de saber como acham que devamos tratar certas línguas antigas, como o Old English e o Grego Clássico ou Antigo. No caso do grego existe uma certa complicação, pois foi criado um idioma moderno chamado katarevusia que pretendia ser uma restauração da língua de Demóstenes. Entretanto essa linguagem estava, em certos casos, distante do falar do povo simples (o demótico), de tal modo que no séc. XX (se não me engano) se resolveu oficializar o demótico na Grécia e é o que chamamos Grego moderno. Entretanto persistem várias palavras do Grego Clássico no demótico e outras tem alteração apenas em certos sinais fonéticos chamados espíritos (que se escrevem no Clássico, mas não se escrevem no moderno). A questão que coloco é pois: devemos tratar o Grego Antigo como um idioma à parte, acrescentando mais uma categoria? Ou apenas o mencionarenos na seção Fraseologia, por exemplo? Minha opinião é que devemos tratá-lo como um idioma `a parte em que pese a semelhança. EusBarbosa 01:30, 9 Mai 2005 (UTC)

Creio que o anglo-saxão/inglês antigo pode ser considerada um idioma distinto do inglês moderno, visto que quase nenhuma palavra continuou a mesma depois que Guilherme da Normandia pisou na Inglaterra. A questão do grego vou deixar pros mais entendidos do assunto. Por fim, queria lançar também a questão do português antigo. Quero dizer, deixamos palavras como "ũa" junto com as outras palavras do português? -- Leuadeque (contato) 19:33, 9 Mai 2005 (UTC)
Não tenho ainda uma opinião muito firme, mas acho que devíamos tratar as palavras do português arcaico como uma categoria, tipo Categoria:Português Arcaico. Gostaria de saber a opinião da comunidade, inclusive sobre o Grego Antigo. EusBarbosa 18:46, 12 Mai 2005 (UTC)

Mais um apêndice

Bem, criei mais uma proposta de apêndice: Usuário:E-roxo/Apêndice:Gentílicos. Espero que concordem! Ainda não o acabei, e há alguns que simplesmnete não sei dizer/escrever, mas investigarei!e-roxo -discussão- 19:22, 9 Mai 2005 (UTC)

Capitalização: a questão

Em conversa recente com Gerard Meijssen do Wikcionário Holandês e cabecilha do Ultimate Wiktionary, descobri que para estarmos compatíveis com o Ultimate Wiktionary (UW), para além das Predefinições standard, o nosso Wikcionário não poderá usar capitalização da primeira letra das palavras. Já repararam que os verbetes todos começam com maiúscula e é impossível criar um com minúscula? Isto veio a propósito de o bot dele ter linkado algumas páginas nossas com outras que não correspondem em outros Wikcionários (ver Xe, por exemplo) devido à capitalização da primeira letra. Ao que parece, esta mudança será mais cedo ou mais inevitável. Coloca-se aqui se deve ser feito agora, que temos 2900 verbetes, ou mais tarde, com trabalho acrescido. O trabalho envolvido trata de mover Predefinições que começam por letra para correspondente minúscula (sempre que aplicável) e verbetes para correspondente minúscula também (excepto quando é obrigatoriamente com maiúscula).

Isto trará um grande dose de trabalho, sobretudo para os administradores que terão que apagar páginas capitalizadas que deixam de fazer sentido. Estou desde já disponível para começar este trabalho se for aprovado. Estou na dúvida se devo propor votação. Talvez deixe isso para um administrador. Gerard demonstrou-se disponível para esclarecer qualquer dúvida que alguém possa ter (link para a sua página de discussão no início deste tópico). Agradecia a participação de todos nesta discussão. Abraços a todos. --Malafaya 19:02, 11 Mai 2005 (UTC)

A questão já foi levantada (de novo, pelo Usuário:E2m), e, na época, foi decidido manter como está , com maiúsculas. Ver discussão aqui. Concordo em levantar a discussão novamente, mas discordo que a mudança seja inevitável. Afinal, a comunidade ainda deve ser soberana nesse tipo de decisão. Na época do debate, depois de ficar um pouco indeciso, concluí que o melhor a ser feito era manter as maiúsculas. Claro, posso mudar de opinião, mas preciso ser convencido de que isso não dará mais dores-de-cabeça que alegrias. : ) -- Leuadeque (contato) 20:38, 11 Mai 2005 (UTC)

Bem, Leo, dores de cabeça dará, sim. Quanto ao ser inevitável julgo que vem do facto assumido (se estiver enganado, desenganem-me) que, a certo ponto, todos os Wikcionários serão abrangidos pelo UW. Claro que podemos manter tudo como está e eventualmente mais tarde pensar no assunto. A questão é: que trabalho dará nessa altura relativamente ao que daria actualmente? Desde que participo activamente no Wikcionário Português (pouco tempo: cerca de 3 semanas), vi o número de verbetes aumentar em cerca de 400 entradas. Imagina quantos não vamos ter daqui a um ano e o trabalho que qualquer mudança vai provocar. Estes são os argumentos que considero válidos. E obrigado pela tua participação. Valeu. :) --Malafaya 20:50, 11 Mai 2005 (UTC)

Concordo que, se formos mudar a capitalização, melhor que seja agora. Quando me referi à dores-de-cabeça, estava pensando mais no problema que teríamos depois da transição, quando toda hora teríamos novas páginas criadas erroneamente com maiúsculas por novatos. Por outro lado, não encontrei nenhuma vantagem pro Wikcionário em língua portuguesa fazer a diferenciação entre maiúsuclas e minúsculas. A integração com o Ultimate Wiktionary (como vamos traduzir esse nome? :) é um argumento forte, mas preciso saber melhor como será a mudança do modelo atual pro novo antes de falar mais. Vou pesquisar um pouco e esperar o posicionamento dos colegas. -- Leuadeque (contato) 21:28, 11 Mai 2005 (UTC)
Caros colegas, posso estar falando uma enorme besteira, mas vá lá. Acho que o problema maior do bot no caso do Xe é que na verdade no nosso wiktcionário o verbete está definido como pronome tupi e nos outros está definido apenas, como, seria lógico esperar, símbolo do gás nobre. Portanto o bot fez a correspondência errada, mas errada temporariamente pois é só uma questão de introduzirmos uma segunda definição abrangendo o símbolo químico. Isso não exclui o problema da compatibilidade levantado pelo André Malafaya que é realmente muito pertinente e requer uma decisão da comunidade. Vamos votar de novo? EusBarbosa 01:22, 12 Mai 2005 (UTC)
Eustáquio, obrigado pela participação na discussão. Sim, um dos problemas, o mais pequeno no caso de Xe é a falta do símbolo químico do Xénon. Mas e a ligação interwiki para a palavra Xe em tupi? Esta não constará nos outros dicionários como Xe mas provavelmente como xe. Também não considero isto um problema de grande dimensão mas admitamos que é "chato". Mas a verdadeira questão é a migração futura para o UW. E isso parece ser mesmo assim: se não estivermos standardizados, os nosso dados não podem ser importados para o UW. Obrigado a todos pela vossa participação. --Malafaya 09:53, 12 Mai 2005 (UTC)


Vou eu entrar na Discussão agora. Sinceramnete, ainda não percebi realmente o que é o Ultimate Wiktionary' (até me envergonho com o quanto à margem ando do wikcionário ultimamente), e, a não ser que seja por isso, não vejo a capitalização como um problema assim tão grande porque se pode especificar quando se escreve com maiúscula dentro do próprio verbete, e descapitalizando tudo, teriam que se mudar variadíssimos links, pois há a tendência para começar uma frase, ou uma definição, com maiúscula, mesmo que seja uma ligação a outra palavra, por exemplo: 1. Côr do arco-íris. Dava mesmo um grande trabalho e, não ser q1ue seja realmnete indispensável, não poarece necessário. e-roxo -discussão- 11:09, 12 Mai 2005 (UTC)
Os interwikis para outrow wikcionários com diferença de capitalização pode ser feita. Por exemplo, é possível ligar a nossa Xe tanto a uma fr:Xe quanto outra fr:xe. Agora, se a questão é para se adaptar ao UW, a distinção entre iniciais será inevitável. Estou incerto, mas ando meio receoso com o Ultimate: pelo pouco que sei como deverá funcionar, parece que ele facilitará a consulta, principalmente para verbetes de idiomas não-nativos; mas a sua edição tenderá a ficar muito "técnica", inibindo a entrada de novos contribuintes. -Diego UFCG 11:16, 12 Mai 2005 (UTC)
Concordo com as observações do Diego. Claro que o enfoque do UW pode mudar. No início tende a ser técnico demais mesmo. A questão é: vale a pena nos anteciparmos a um futuro problema que pode nem vir a existir (caso o UW não prossiga por exemplo) e termos um trabalhão que pode ser desnecessário, ou vamos aguardar até que a necessidade se faça imperiosa? Eu, particularmente, até por comodismo, estou tendendo para a segunda. EusBarbosa 11:35, 12 Mai 2005 (UTC)

Apresentação do Ultimate Wiktionary. Fiquei na dúvida sobre qual será o tratamento com os usuários não registrados. Será que só verá a interface em português quem fizer o registro? Se for assim, não estaremos "espantando" novos colaboradores e visitantes? Vou pesquisar um pouco mais o assunto. --Patrick 11:37, 12 Mai 2005 (UTC)

Já fiz uma pesquisa (bem pequena) sobre o assunto, e percebi que os Wikcionários interessados em se integrar ao "Wikcionário Último" precisarão mudar a capitalização. Mas, isso leva a outra questão: o Wikcionário em português vai querer se integrar ao UW? Gostaria que sim, já que ele parece ter um sistema melhor prà organização de verbetes e escolha de idiomas. Porém, nom sei se já temos informações suficientes sobre o novo projeto pra tomar a melhor decisão. Por outro lado, o adiamento pode deixar a mudança (caso seja escolhida) muito mais difícil. Oh, dúvida cruel! : 0 Sugestões? : ) -- Leuadeque (contato) 18:53, 12 Mai 2005 (UTC)
Como bom mineiro prefiro aguardar.EusBarbosa 19:25, 12 Mai 2005 (UTC)
Se a sintaxe ficar complexa e anglocêntrica, acho que vou contra. De qualquer maneira, é certo que não será a capitalização a única coisa a ser adpatada para o UW. Prefiro manter do jeito que está e, quanto quisermos mudar (se mudarmos), adaptamos tudo de uma só vez. -Diego UFCG 19:29, 12 Mai 2005 (UTC)
Posso dizer que o UW foi inventando exactamente numa filosofia anti-anglocêntrica. O propósito inicial foi criar um dicionário Europeu e tentar captar as atenções que até agora parecem incidir quase só no Wikcionário Inglês. Reparem que os pioneiros serão o Holandês e o Italiano e, ao que parece, o Inglês não está abrangido numa primeira fase (apesar de terem pedido a descapitalização recentemente). --Malafaya 21:06, 12 Mai 2005 (UTC)

A última vez que eu li sobre o assunto entendi que o software necessário não estava nem projetado, isso é verdade ainda? --E2m 05:54, 13 Mai 2005 (UTC)

Segundo informações recentes, o software necessário está em fase de finalização e os primeiros testes estarão para breve. Além disso, a base de dados já contém bastante informação. Malafaya 10:45, 13 Mai 2005 (UTC)

Apenas para reflexão: dado que o wikcionário é multilíngue, talvez a capitalização seja uma boa idéia independentemente da adesão ao Ultimate Wiktionary. --Patrick 12:07, 13 Mai 2005 (UTC)

Uma coisa que acho anglocêntrica é o sistema de predefinições. -Diego UFCG 18:13, 13 Mai 2005 (UTC)

Diego, as predefinições standard não fazem parte do UW. São uma ajuda para a futura importação dos dados dos Wickionários por um bot e não existirão no UW. Provavelmente decidiu-se em inglês porque se fosse em holandês a maior parte de nós andaria às aranhas a tentar lembrar-se do nome da predefinição certa. --Malafaya 11:03, 14 Mai 2005 (UTC)

Microdicionário português

O que vocês acham de trabalharmos em conjunto para criarmos um microdicionário português? Digo, uns 5.000 vertebes, incluindo aqueles fundamentais, como as preposições, conjunções, pronomes, ..., meses, prefixos, abreviaturas mais utilizadas, ..., etc? Assim tornaríamos usável o nosso uiccionário. Poderíamos fazer listas das palavras mais importantes a ser inseridas... Má idéia? --E2m 05:54, 13 Mai 2005 (UTC)

Se for só com os verbetes e suas traduções, eu topo. Mas se for para definir, classificar, flexionar, colocar pronúncia, etc. acho que seria um trabalho insano e tomaria muita energia que poderia ser dedicada ao aprimoramento do presente Wikcionário. EusBarbosa 19:02, 13 Mai 2005 (UTC)
Não percebi a sua ideia, e2m... hehe e-roxo -discussão- 20:04, 16 Mai 2005 (UTC)

Releia. Brincadeira. O que eu estou dizendo é que:

  1. Existe ao menos um conjunto de palavras em português que, se definidas e explicadas da maneira apropriada, constituem um microdicionário português.
  2. No nosso uiccionário, ainda não há este conjunto.
  3. Sendo assim, proponho que criemos um desses conjuntos, fazendo listas de palavras e colocando talvez os cinco mil verbetes relativamente principais do português no uiccionário. Por exemplo, todas as preposições, pronomes, de 500 a mil verbos, etc.

O que acham (de novo)? --E2m 01:24, 19 Mai 2005 (UTC)

"Uiccionário"? Interessante... Pena que já traduzimos o nome. : ) Quanto ao projeto, seria algo no estilo dos mil verbetes propostos? -- Leuadeque (contato) 19:28, 19 Mai 2005 (UTC)

Sobre o assunto em pauta, que acham do glossário que acabei de criar? (Veja [[Glossário Inglês-Português - IPG|Glossário Inglês-Português - IPG]]). Estava pensando em criá-lo mesmo desde há alguns meses, com o propósito de proporcionar uma lista mais completa para uso imediato, e também para facilitar criações de novos verbetes para o Wikcionário, já que o glossário, para esse propósito, poderá servir de "listão". Os colegas poderiam ir criando novos verbetes para o Wikcionário (tanto português-inglês quanto inglês-português) no estilo "apenas tradução", em geral,na fase inicial, e, naturalmente, iríamos acrescentando os interwikis. Aliás, os interwikis já poderiam ser acrescentados no ato da criação de cada verbete inglês-português. Mais tarde, a gente poderia ir ampliando o conteúdo dos verbetes, mas já teríamos um vocabulário básico mais a curto prazo. Aliás, somente na versão inglês-português ora iniciada, tenho uma lista de cerca de 10.000 palavras, a qual poderá ser duplicada na versão português-inglês, e assim, daqui a algum tempo, teremos cerca de mais de 20.000 verbetes no Wikcionário. Acho que da maneira que eu fiz, a mão-de-obra de tradução para o inglês de vocábulos do inglês e do português já fica por minha conta, o que naturalmente poderá acelerar a contribuição de todos os colegas. Waltter Manoel da Silva 22:36, 19 Mai 2005 (UTC)

Waltter, eu acho excelente, aquilo é um bom ponto de partida para os microdicionários de português e inglês, ou seja, precisamos de uma base mínima de palavras. É isto que eu estou aqui propondo. Alguém ainda não entendeu? Contudo, como sempre, discordo dos nomes que você dá aos artigos! :) --E2m 02:38, 24 Mai 2005 (UTC)

Já os mil verbetes propostos era originalmente uma lista para a wikipédia. Acho que mil verbetes não tornam um dicionário usável, ao contrário de uma enciclopédia. Por isso, proponho alguma coisa maior. --E2m 02:40, 24 Mai 2005 (UTC)

Tabela de Tradução

Queria que avaliassem a alteração visual que fiz à secção Tradução em um. Baseia-se no que já vi de outros Wikcionários. Engraçado é que não se tenham lembrado de fazer Predefinições para isto e tenham copiado o mesmo código Wiki entre artigos. Por isso, criei as seguintes predefinições para ajudar:

  • {{tradini}} — vai antes da primeira tradução, imediatamente a seguir ao início da secção Tradução; cria a tabela
  • {{tradmeio}} — a ser colocada sensivelmente a meio da lista de traduções; cria segunda coluna à direita para as traduções que se seguem (pode ser omitida, ficando apenas uma coluna)
  • {{tradfim}} — a colocar no fim da lista de traduções; fecha a tabela permitindo adicionar mais texto fora desta.

Acho que dá um aspecto mais interessante à página. Caso aprovem, podem começar já a utilizar, faltando adicionar à lista de Predefinições existentes. --Malafaya 13:58, 14 Mai 2005 (UTC)

Gostei, gostei. Isso deve organizar melhor as traduções, além das predefinições serem práticas. Se os outros concordarem, podemos colocar em Wikcionário:Namespace predefinição, e talvez até no Wikcionário:Livro_de_estilo/Modelo. -- Leuadeque (contato) 17:41, 14 Mai 2005 (UTC)
Também gostei. -Diego UFCG 17:47, 14 Mai 2005 (UTC)
Eu também. Obrigado por criá-las. EusBarbosa 18:46, 14 Mai 2005 (UTC)
Muito bom, muito bom, principlamente as predefinições que dão imenso jeito. e-roxo -discussão- 20:02, 16 Mai 2005 (UTC)

Esperanto

Existe, na web, um dicionário multilingue de esperanto que está sob a licensa GNU. A seção em português possui cerca de 18 mil verbetes. Eu estava pensando em incluir tais palavras por aqui mas, seria um trabalho praticamente insano. Existiria alguma forma de acionar um bot para fazer isso? O dicionário a que me refiro está no [1]. --Lugusto 00:22, 15 Mai 2005 (UTC)

Seria interessante aproveitar o material. Mas, infelizmente, usamos licenças diferentes: aquele dicionário usa a GPL, enquantos os Wikis usam GFDL. Aliás, achei a escolha deles um tanto estranha... -- Leuadeque (contato) 19:42, 16 Mai 2005 (UTC)

Wikcionário no Orkut

Acabei de criar uma comunidade do nosso projeto no Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2094673 . Todos estão convidados a participar. Se ainda não participam do Orkut, eu posso mandar alguns convites. Basta me mandar o seu endereço de email para mim, na minha discussão, ou por email. -Diego UFCG 11:47, 15 Mai 2005 (UTC)

Significado de expressões

Como no caso de "feriado prolongado", não acho que o significado da expressão deveria estar descrito em uma página separada... mesmo porque, a unidade de um dicionário é a palavra. A pessoa que procura o significado de uma expressão, deve usar o sistema de busca, que a orientará na direção da página onde a expressão estiver sendo explicada (dentre os significados, ou na fraseologia de feriado, no caso em questão)... Acredito que a sepação só tornaria as coisas mais confusas... dentro em pouco estaremos explicando o significado de cada possível frase da língua portuguesa... digo isso porque "feriado prolongado" nada mais é que o ((significado de feriado) + (o significado de prolongado)) --1ur1 00:32, 18 Mai 2005 (UTC)


Concordo plenamente com 1ur1. No caso, trata-se de casos de "substantivo + adjetivo", e não de uma locução. Caso contrário, teríamos de fazer verbetes em separado para "mulher graciosa, mulher bonita, mulher feia, mulher bondosa, mulher maldosa etc", o que ficaria muito trabalhoso e contraproducente, mesmo no caso de não-limitação de espaço em espaços virtuais na internet.No meu exemplo, acho que as fraseologias citadas podem ser incluídas no verbete mulher. Waltter Manoel da Silva 13:14, 18 Mai 2005 (UTC)


Também concordo pelas razões já expostas. Malafaya 15:49, 18 Mai 2005 (UTC)

Mas, na página de qual das palavras que compõem a expressão iríamos pôr a definição da locução? Dicionários escritos têm critérios pra isso, mas eles são um pouco complicados, o que dificultaria a localização. Mesmo que nosso sistema de busca estivesse funcionando, sua utilização pra achar todas as locuções que se procura poderia só tornar mais trabalhoso o esforço de achar a definição. Poderíamos também deixar a definição da locução nos verbetes de todas as palavras que a compõem, mas aumentaríamos o esforço de quem escreve os artigos. Assim, sugiro que as expressões tenham suas próprias páginas, com ligações pra elas nas páginas das palavras que a compõem. Além disso, se formos limitar o escopo do Wikcionário a palavras, ficaríamos sem os morfemas, úteis e presentes em vários bons dicionários. Por fim, queria lembrar que acho que expressões que não adquirem significados novos (não são locuções) não precisam ter páginas próprias, mas não acho que esse seja o caso de "feriado prolongado". -- Leuadeque (contato) 19:25, 18 Mai 2005 (UTC)
Em qual página pôr a definição da locução? Em qualquer uma, ou nas duas... onde os editores acharem que cabe uma explicação. A localização não seria dificultada porque usaríamos um sistema de busca automatizada... Não entendi como "sua utilização pra achar todas as locuções que se procura poderia só tornar mais trabalhoso o esforço de achar a definição"... Se buscar dá trabalho, este trabalho quem faz é o hardware e o software dos computadores que fazem a busca... Você pode se concentrar no argumento de que nosso sistema de busca não está funcionando... Mas então o problema sería outro (consertar o sistema de busca). Se o colaborador lemrar, acho que não faz mal direcionar a página da locução para a do artigo (isso seria até muito prudente)... Gostaría que você exemplificasse alguns morfemas que não poderíamos endereçar usando palavras como índices dos significados (é que eu não entendi mesmo... não estou dizendo que acho que isso não existe)... Continuo portanto defendendo a NÃO CRIAÇÃO de página para expressões ou morfemas... (a título de exemplo, procure por "look for" no en.wiktionary.org)... 1ur1 21:13, 18 Mai 2005 (UTC)
Eu sou favorável à criação de páginas separadas para expressões idiomáticas (não é difícil encontrar algumas no en.wiktionary, tais como Word for word (eles têm uma categoria só para isso: en:Category:Idioms). Agora temos que saber distingüir o que é uma expressão e o que é uma mera combinação de palavras. Não é por causa dessa última que sacrificaremos a primeira. Como o Leuadeque disse, com páginas independentes para expressões, não dificultamos a busca (pois um link tá logo lá) nem redundamos.
Algumas páginas como feriado prolongado podem ser questionadas se realmente são expressões, mas o lugar para se discutir isso (caso a caso), seria em Wikcionário:Páginas para eliminar. -Diego UFCG 22:46, 18 Mai 2005 (UTC)

Wikcionário sonoro

O que vocês acham de colocarmos arquivos de sons junto a cada verbete. Assim podemos comparar de ouvido as diversas pronúncias por região. Comparem a palavra "bacilo" falada por mim e pelo Malafaya. -Diego UFCG 18:16, 19 Mai 2005 (UTC)

Tenho certeza de que Gerard vai ficar muito feliz com isso. O projeto é uma ótima idéia (principalmente porque nem todos conhecem alfabetos fonéticos). Infelizmente, não tenho um microfone. Vou tentar arranjar um leitor arquivos ogg, então. -- Leuadeque (contato) 19:03, 19 Mai 2005 (UTC)

Vocês cada vez me surpreendem mais :). Diego, como foste descobrir isso? Eu não disse a ninguém excepto ao Gerard... A ideia era criar ficheiros de som com pronúncia de Portugal (pt-pt) e do Brasil (pt-br) pelo menos. A designação do ficheiro deve iniciar por pt-pt ou pt-br conforme o caso. Para quem não tem um descodificador ogg, fazendo uma busca por OggDS na Internet deve retornar os resultados apropridados. --Malafaya 12:01, 20 Mai 2005 (UTC)

Temosss muitosss esspiõesss... Nada fica em sssegredo... : D -- Leuadeque (contato) 19:36, 20 Mai 2005 (UTC)

He, he, mais uma vez mostro meus "poderes" de ler a mente dos outros, antecipando-os em seus intentos :-p. Na realidade, também já estava pensanto nisso há um bom tempo, desde a criação do Commons. Lá criei a página do alfabeto fonético internacional e não queria colocar somente imagens dos símbolos fonéticos, mas também os sons. Notei que a pronúncia de palavra seria interessante para o Wikcionário. E isso não é novo. O AHD tem isso [2] e outros Wikcionários também (de forma incipiente): [3] [4] e resolvi me engajar nessa idéia (sem contar para ninguém). Há poucos dias comprei um microfone de R$10,00 (hoje encontrei um por R$4,87) e descarreguei o Wavepad, que é gratuito e grava áudio diretamente no formato ogg (na primeira vez, é necessário baixar o encoder para ogg). Criei um exemplo de teste (escolhi bacilo porque já existia no Commons) e coloquei aqui para ver a opinião dos wikcionaristas. -Diego UFCG 20:01, 20 Mai 2005 (UTC)

Estou chegando atrasado, mas achei a idéia sensacional. Também vou comprar meu microfone e baixar os programas necessários. EusBarbosa 21:16, 21 Mai 2005 (UTC)

Se me permitem a sugestão, eu acharia importante que a cidade de quem gravou o som fosse indicada na página da imagem, assim se pode identificar melhor as variantes dentro dos países. Com certeza, o falar de Porto Alegre é diferente do falar do Nordeste. --E2m 06:01, 22 Mai 2005 (UTC)

As convenções de nomenclatura do Commons para arquivos de áudio são insuficientes para a nossa realidade. O nome teria que ser apenas o código do idioma + a palavra que foi falada. No caso de línguas como a inglesa acrescentaram a TLD do país daquele que emprestou sua voz. Mas para o português, o falar seria muito importante, tal como pt-br-mineiro-... ou pt-pt-transmontano-...

Mas isso também pode causar confusão. Não sei quanto aos portugueses, mas o brasileiro freqüentemente não vive onde nasceu, sofrendo influência de mais de um falar. Eu mesmo não sei se pronuncio mais do jeito carioca (infância) ou nordestino/paraibano (onde atualmente moro). Não falo com a entonação dos nordestinos, nem meu s pós-vocálico é "chiado". -Diego UFCG 16:43, 23 Mai 2005 (UTC)

Bom, eu não estava dizendo no nome dos arquivos, mas na página dos arquivos. Essa informação poderia estar lá como "nascido no Rio de Janeiro, vivendo na Paraíba". Eu acho que essa informação é importante, afinal, um dia linguistas talvez usem o (wik/uic)cionário. --E2m 02:34, 24 Mai 2005 (UTC)

Também o aparelho usado para a gravação pode ser importante. Talvez eu apenas esteja exigindo demais, mas eu gosto desta informação, então ao menos é uma exigência sincera. --E2m 02:36, 24 Mai 2005 (UTC)

Domínios semelhantes

Nosso projetinho já despetou a cobiça de alguns espertalhões. Já viram http://www.wikcionario.org ou http://www.wikcionario.com? Eles também usaram o nome em francês do Wikcionário em http://www.wiktionnaire.org e http://www.wiktionnaire.com. Os domínios estão a venda. Alguém interessado em os comprar? -- Leuadeque (contato) 20:15, 21 Mai 2005 (UTC)

O que é que se pode fazer em casos como esses?EusBarbosa 21:18, 21 Mai 2005 (UTC)
Contatar a fundação wikimédia em meta.wikipedia.org. Fiz uma breve busca, mas não encontrei o local apropriado. --Patrick 14:17, 23 Mai 2005 (UTC)
Também dei só uma olhada, mas uma página relativa ao assunto é meta:Domain names. -Diego UFCG 16:43, 23 Mai 2005 (UTC)

Línguas Ágrafas

Certas línguas não adotaram um sistema de escrita própria, são as chamadas linguas ágrafas. São línguas só faladas, sem registro gráfico. Após o contato com uma civilização que possua escrita, a tendência foi adotar os símbolos (alfabeto) e a ortografia dessa primeira língua de contato. Assim, palavras apaches são escritas à maneira inglesa e palavras guaranis e tupis são escritas à maneira espanhola e portuguesa, respectivamente. Bem, no caso do guarani, que é uma das línguas oficiais do Paraguai, acho que devamos adotar o seu critério de escrita, sem discussão. Mas no caso do tupi, restam-me várias dúvidas. Nesse processo de "literação" (pois não é transliteração), cada autor adota um critério diferente. Assim, por exemplo, encontramos pinheiro, kuri em tupi, grafado ora como kuri, ora como curi, ou mesmo kury. A palavra correspondente a idioma grafada como neẽ, neen, nheen, ñeẽ ou ainda ñe'ẽ.

Como resolver isso, sem perder ainda a possibilidade dos interwikis, posto que outros dicionários podem adotar uma convenção diferente? EusBarbosa 19:07, 22 Mai 2005 (UTC)
Acho que temos que criar nosso próprio sistema de romanização (assim como estamos fazendo com a transliteração) e os outros wikcionários que adotem seus prórprios sistemas (se possível, idênticos ao nosso)>-Diego UFCG 16:46, 23 Mai 2005 (UTC)
Adicionalmente, vamos usar redirecionamentos para as possíveis variantes. --E2m 02:41, 24 Mai 2005 (UTC)

Política de proteção

Estava tentando traduzir o texto do Registro de Proteção quando percebi que não temos um artigo sobre páginas protegidas. Então, como já temos uma página "normal" protegida - a página principal - não seria interessante criarmos uma "Wikcionário:Página protegida" e definirmos a política de proteção? -- Leuadeque (contato) 20:49, 25 Mai 2005 (UTC)

Talvez primeiro decidimos a "política de proteção" depois criarmos "Wikcionário:Página protegida"... 1ur1 21:30, 25 Mai 2005 (UTC)

Certo, vou tentar rascunhar alguma coisa:

  • Páginas devem ser protegidas pelos seguintes motivos:
  1. A página está sofrendo vandalismos freqüentes ou é alvo de uma guerra de edições. Neste caso, a proteção é temporária e deve ser desfeita assim que possível.
  2. A página é muito importante e não pode ser alvo de vandalismos ou de alterações de usuários inexperientes. Aqui se incluem as páginas que definem os textos da interface do sistema. Neste caso, a proteção é permanente.
  • Quando uma página for protegida temporariamente, nela deve ser inserida a Predefinição:Protegida e o motivo da atitude deve ser explicado em sua página de discussão.
  • Se a página for protegida por causa de uma guerra de edições, deve ser conduzido um debate sobre o assunto em sua página de discussão.
  • A edição de páginas protegidas disputadas deve ser evitada.
  • Evita-se proteger páginas de discussão.

-- Leuadeque (contato) 20:35, 30 Mai 2005 (UTC)

Ortografia (Latim)

É preciso definirmos como vamos usar o V e o U em latim. Alguns autores convencionam usar a letra V como /u/ e /v/ maiúsculos e a letra u substituição ao /v/ minúsculo. Assim, teríamos Vulgus e uulgus; Vua e uua para (uva) etc.

Na minha opinião, isso só traz confusão. Sugiro que adotemos (como outros bons autores e gramáticos também o fazem) o v como /v/ e o u como /u/. Assim, por exemplo, as palavras via e uva em latim seriam escritas tal como em português, e não como uia e Vua. Alguém discorda? EusBarbosa 13:57, 28 Mai 2005 (UTC)

Eu acho que pode ser feito como você sujere se REALEMTE for uma mera substituição... Sempre que tenho uma palavra usando "v" ou "j", basta trocar o "v" por "u" ou o "i" por "j" que eu consigo chegar a forma não-ramista da palavra??? De qualquer jeito não fará mal criarmos redireções sempre que der, e/ou colocar uma linha na definição da palavra: "Forma não-ramista: uia"... acho importante falarmos que EXISTE as duas formas e quais são... a definição pode ir em qualquer uma delas... 1ur1 16:28, 28 Mai 2005 (UTC)
Eu penso que a explicação das variantes gráficas (formas ramista e não-ramista, latim eclesiástico, pronúncia restaurada, etc) seria assunto para a wikipedia. Aqui como se trata de um simples dicionário, penso que seria melhor definirmos uma forma e irmos por ela, até para facilitar os interwikis e links internos. Na minha opinião não há necessidade de termos 2 verbetes, por exemplo, para cada palavra em latim que tenha v, j, u ou i.EusBarbosa 21:46, 28 Mai 2005 (UTC)
Completando: se quisermos ser fiéis ao original, então teremos que abolir as minúsculas que não exstiam no latim, embora minha opinão seja a mesma explicitada no início dessa discussão.EusBarbosa 21:53, 28 Mai 2005 (UTC)
Existe alguma regra para quando o "V" latino soa como /w/ (não /v/) ou /u/? -Diego UFCG 22:32, 28 Mai 2005 (UTC)

Diego, desculpando-me pela ignorância em fonética, eu diria que o V como semivogal deveria ser escrito como /u/, sempre, seja ele pronunciado como u ou w. Regras existem várias, e acho que está aí o problema: existem regras demais. É por isso que eu peço uma unificação de conceitos aqui, antes que comecemos uma babel latina num dicionário português. Por mim, vamos pelo mais simples (e também aceito pelos estudiosos), escrevamos o mais próximo do português. EusBarbosa 22:48, 28 Mai 2005 (UTC)

pedido de criação de nova categoria: Medicina

Olá,

Gostaria de sugerir que fosse criada uma nova categoria: Categoria: Medicina. Seria bem similar à já existente: Categoria: Direito. Nela já entraria o verbete disritmia. O que acham? Fredmaranhao 12:13, 29 Mai 2005 (UTC)

Ola! Não precisa pedir autorização para criar a categoria, força com isso ; ), afinal, isto é um dicionário livre! e-roxo -discussão- 16:08, 29 Mai 2005 (UTC)