Discussão:bom de não prestar

Origem: Wikcionário, o dicionário livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Como está, este verbete ofende alguém ou alguma regra? Zozé 23:02, 12 Maio 2006 (UTC)

Não houve intenção de ofender ninguém. Simplesmente selecionei mais um dizer curioso. Não tenho uma seqüência rígida além do meu caderninho de anotações. Não cadastro tudo, só o que me parece coerente.Após cadastrar, ocorreu-me que seria melhor cadastrar o verbete 'bom' e incluir nele a locução 'de não prestar'. O verbete bom já estava cadastrado, então apenas inclui o regionalismo 'de não prestar'.Saudações.--ITZAK 23:07, 12 Maio 2006 (UTC)

Caro Zozé. O verbete gaudério pertence ao Regionalismo Gaúcho. Porque não fazes naquele verbete o mesmo que fizeste no verbete 'bom de não prestar' ? Por qual motivo o Regionalismo Gaucho será tratado de modo diferente do Regionalismo Catarinês Ilhéu ?--ITZAK 23:28, 12 Maio 2006 (UTC)

Não. O verbete gaudério não pertence ao Regionalismo Gaúcho. Aliás, nem sei se existe "Regionalismo Gaúcho"
O verbete gaudério pertence à língua portuguesa e lá para os lados de Rio Grande do Sul tambem pode significar gaúcho.
Este bom de não prestar não é português em qualquer parte do mundo. As palavras até estão bem escritas, mas não fazem sentido, contudo aceita-se que entre neste dicionário como escrita/falar própria de brasileiros e, para informação dos brasileiros, pode-se indicar em que região é que se pode utilizar.
Se não for assim, qualquer brasileiro distraído pode acreditar que o bom de não prestar tambem é usado em Luanda e toca a pôr a locução num relatório qualquer que nunca será correctamente entendido em África. Zozé 00:21, 13 Maio 2006 (UTC)

Caro Zozé: Se gaudério não é regionalismo gaúcho o Wikcionário e o meu Dicionário estão errados pois ambos atribuem sentidos peculiares ao falar do Rio Grande do Sul, e isto já é suficiente para configurar regionalismo, mesmo que a palavra tenha significados diferentes no restante da comunidade da Língua Portuguesa. Só um louco usaria em Luanda palavras do Regionalismo catarinês ilhéu. Todo regionalismo é mais conhecido na sua circunscrição e menos conhecido fora dela. O Regionalismo catarinês ilhéu não é bem conhecido nem na própria Ilha, muito habitada por paulistas como eu. Já acertei com Schoenfeld que não vou cadastrar verbetes como Arrobassi, arrombaste, bonita, assucre, etc.--ITZAK 00:32, 13 Maio 2006 (UTC)