Apêndice:Alfabetos

Origem: Wikcionário, o dicionário livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alfabeto árabe[editar]

Alfabeto armênio[editar]

Predefinição:Alfabeto Armênio

Ա,ա Բ,բ Գ,գ Դ,դ Ե,ե Զ,զ Է,է Ը,ը Թ,թ Ժ,ժ
Ի,ի Լ,լ Խ,խ Ծ,ծ Կ,կ Հ,հ Ձ,ձ Ղ,ղ Ճ,ճ Մ,մ
Յ,յ Ն,ն Շ,շ Ո,ո Չ,չ Պ,պ Ջ,ջ Ռ,ռ Ս,ս Վ,վ
Տ,տ Ր,ր Ց,ց Ւ,ւ Փ,փ Ք,ք Օ,օ Ֆ,ֆ

Alfabeto cirílico[editar]

Alfabeto fenício[editar]

Predefinição:Alfabeto Fenício

𐤀 𐤁 𐤂 𐤃 𐤄 𐤅 𐤆 𐤇 𐤈 𐤉 𐤊 𐤋 𐤌 𐤍 𐤎 𐤏 𐤐 𐤑 𐤒 𐤓 𐤔 𐤕

Alfabeto georgiano[editar]

Alfabeto grego[editar]

Alfabeto guzerate[editar]

Alfabeto hebraico[editar]

Predefinição:Alfabeto hebraico

Alfabeto latino[editar]

A, a B, b C, c D, d E, e F, f G, g H, h I, i J, j K, k L, l M, m
N, n O, o P, p Q, q R, r S, s T, t U, u V, v W, w X, x Y, y Z, z

Letras exclusivas[editar]

Letras exclusivas de uma ou mais línguas:

Ă Á Â ß Ç Ð Î Þ Ñ Ş Ţ Æ Œ Ý

Ordenação alfabética[editar]

Os alfabetos derivados do latino têm variações nas suas regras de ordenação alfabética:

  • No português, assim como no francês e no inglês, caracteres com acento são normalmente tratados como suas versões não-acentuadas. Se duas palavras diferem somente pelo acento em português e francês, aquele com o acento é posto depois. (Contudo, o livro do Unicode 3.0 especifica uma regra de ordenação para letras acentuadas mais complexa do que a tradicional).
  • As mutações vocálicas do alemão (Ä,Ö,Ü) são geralmente tratadas como as suas versões não-acentuadas; ß é sempre ordenado como ss. (Por exemplo, estas palavras estão por ordem: Arg, Ärgerlich, Arm, Assistent, Aßlar, Assoziation). Nas listas telefónicas e noutras listas de nomes, as mutações metálicas são ordenadas como as combinações de letras "ae", "oe", "ue". (por exemplo, estas palavras estão por ordem alfabética: Udet, Übelacker, Uell, Ülle, Ueve, Üxküll, Uffenbach)
  • No alfabeto sueco, "W" é visto como uma variante de "V" e não como uma letra separada. Somente é reconhecido e mantido em nomes próprios, como em "William". O alfabeto também tem três vogais extras localizadas no fim (..., X, Y, Z, Å, Ä, Ö). As mesmas regras de ordenação são usadas também pelo finlandês.
  • As vogais extras do sueco estão também presentes nos alfabetos dinamarquês e norueguês, mas em ordem diferente e com símbolos diferentes (..., X, Y, Z, Æ, Ø, Å). Além disso, "Aa" é ordenado como se fosse "Å". O alfabeto dinamarquês considera o "W" como uma variante de "V". No dinamarquês e no norueguês o Ø e o Æ (no sueco, equivalentes ao Ö e Ä) podem ser representadas respectivamentes como oe e ae.
  • Algumas línguas têm regras mais complexas. Por exemplo, o espanhol tratava (até 1997) "CH" e "LL" como letras distintas de "C", "H", e "L", dando como correcta a ordem: cinco, credo, chispa e lomo, luz, llama. Em 1997 isto modificou-se, quando a Real Academia Espanhola adoptou a forma mais convencional, e agora LL é ordenado entre LI e LO, e CH entre CE e CI. A única questão de ordenação própria do espanhol é o Ñ (eñe), considerada uma letra diferente, ordenada depois do N.
  • No holandês, a combinação IJ (representando o Y holandês) era antigamente ordenada como Y (ou às vezes, como uma letra em separado Y < IJ < Z), mas actualmente é ordenada como se fossem 2 letras (II < IJ < IK). Note que uma palavra que se inicia em ij cujo I está em maiúscula, o J também é escrito maiúsculo, como a cidade de IJmuiden e o rio IJssel.
  • O húngaro tem acentos, mutações vocálicas e acentos duplos. O acento é ignorado em ordenações e o acento duplo, que indica uma vogal modificada longa, é tratado como igual à vogal modificada simples.
  • No islandês, o Þ é posto depois do Z, e D é seguido pelo Ð.
  • Ambas as letras também eram usadas pelos que escreviam em anglo-saxão, que também usavam a letra rúnica Wynn para representar /w/.
  • Þ (chamada "thorn"; minúscula þ) também é uma runa, que alguns estudiosos derivam do D latino.
  • Ð (chamada "eth"; minúscula ð) é a letra D somada a um traço.
  • No polaco, especificamente as letras polacas derivadas do alfabeto latino são ordenadas depois de suas originais: A, Ą, B, C, Ć, D, E, Ę, ..., L, Ł, M, N, Ń, O, Ó, P, ..., S, Ś, T, ..., Z, Ź, Ż.
  • No checo, vogais acentuadas são tratadas como suas formas não-acentuadas, mas as consoantes acentuadas (aquelas com o hacek) seguem imediatamente depois de suas similares não-acentuadas. CH vem entre o H e o I.
  • No esperanto, consoantes com acento circunflexo (ĉ, ĝ, ĥ, ĵ, ŝ), assim como a consoante ŭ (u com acento breve), são contadas como letras separadas e ordenadas separadamente (c, ĉ, d, e, f, g, ĝ, h, ĥ, i, j, ĵ ... s, ŝ, t, u, ŭ, v, z).
  • No romeno, caracteres especiais derivados do alfabeto latino são ordenados depois de seus originais: A, Ă, Â, ..., I, Î, ..., S, Ș, T, Ț, ..., Z.
  • No tártaro, há 9 letras adicionais. 5 delas são vogais, emparelhadas com as vogais principais do alfabeto: a-ä, o-ö, u-ü, í-i, ı-e. As quatro restantes são consoantes: &#351; soa como ch, ç similar a tch, ñ como ng e &#287; semelhante a um g aspirado.
  • No croata e sérvio e noutras línguas eslavas meridionais semelhantes, os cinco caracteres acentuados e os caracteres ligados são ordenados depois de seus originais: ..., C, Č, Ć, D, DŽ, Đ, E, ..., L, LJ, M, N, NJ, O, ..., S, Š, T, ..., Z, Ž.
  • No turco, há seis letras adicionais: 3 consoantes: ç, que soa como tch, ğ, que é muda, ş, que soa como ch, e 3 vogais: ü, ö, ı(sem o ponto superior),

Alfabeto tailandês[editar]

Alfabeto tâmil[editar]